Academia Vianense de Letras

Sálvio de Sousa Mendonça, ou melhor, como se tornou mais conhecido, Dr. Sálvio Mendonça, foi mais do que um médico renomado que se distinguiu, brilhantemente, em São Luís e principalmente no Rio de Janeiro.

Por seu admirável esforço pessoal, por sua dedicação extremada aos estudos, por seu amor devotado à sua família, aos parentes, à sua pequenina Viana e ao Maranhão, por sua amizade solidária a tantas pessoas que o cercavam e procuravam, pelo trabalho profícuo em todas as atividades profissionais que exerceu: médicas, administrativas e docentes, enfim, pelo exemplo inesquecível de toda a sua existência, é uma dessas personalidades que dignificam não só a terra onde nasceu, a família a que pertenceu e que criou, toda uma categoria profissional que sempre honrou, mas sobretudo serve de modelo a todas as gerações que o conheceram pessoalmente e àquelas que somente agora têm o privilégio de tomar conhecimento do que magnificamente foi e de tudo que fez, esplendidamente.

Sálvio de Sousa Mendonça nasceu em 11.12.1892, na Fazenda Juncal, município de Viana. Era filho de Antônio Feliciano de Mendonça e Bárbara Custódia de Sousa Mendonça. Desfrutou as aventuras da infância e da adolescência na Fazenda Palmela, no São Cristóvão, na própria cidade de Viana e também em Penalva, em cujas localidades aprendeu as primeiras letras e as lições doces e amargas do viver e sobreviver, entre brincadeiras infantis, festejos de todo tipo, vaquejadas, pescarias, caçadas, viagens múltiplas a destino próximos ou distantes, até destacar-se nos estudos e na prática da Medicina, como bem evoca em seu precioso livro de memórias "História de um menino pobre", publicado no Rio de Janeiro, em 1963.

Dr. Sálvio Mendonça muito se preocupou com a saúde de um modo geral, de crianças, jovens, adultos e idosos, alargando e aprofundando seus conhecimentos em cursos de pós-graduação na Alemanha, principalmente nos campos da Puericultura, da Gastroenterologia, sendo um dos primeiros, no Brasil, a ressaltar a importância da dieta alimentar, e suas consequências, para todas as pessoas, em todas as idades.

Na compilação que organizamos, denominada - Dr. Sálvio Mendonça, Biografia e Bibliografia Médica, transcrevemos diversos de seus escritos, descobertos na pesquisa que realizamos na Biblioteca da Academia Nacional de Medicina, no Rio de Janeiro, em revistas médicas de grande renome, como Revista Brasileira de Medicina e Brasil Médico.

Vale repetir o que escrevemos no Prólogo desse livro: “Sinto-me feliz e realizado em poder contribuir de alguma forma com este opúsculo, para que mais e melhor se conheça e admire a personalidade triunfante do Dr. Sálvio Mendonça e especialmente para que os estudiosos da área de saúde tome conhecimento do seu trabalho pioneiro no campo da nutrição e da dieta, hoje de tamanha importância na via de cada um de nós, não só em nossa terra, como até no mundo inteiro, nesta era de globalização.

Aliás o Dr. Sálvio Mendonça, em tempos de “aldeia global”, por sua vivência pessoal e profissional, por suas viagens e estudos no estrangeiro, conservando, contudo, os laços afetivos, indissolúveis com o torrão natal, pôde sentir, em sua inteligência e em seu coração, que se antes Viana, sua aldeia, era o seu mundo, depois, o próprio mundo, principalmente o europeu, alemão, passou a ter o tamanho infinito de sua pequenina cidade.

O Dr. Sálvio Mendonça faleceu no Rio de Janeiro, em 13 de agosto de 1970, aos 77 anos de idade. A Academia Vianense de Letras, ao colocá-lo como patrono da cadeira n°4, prestou merecidíssima homenagem à memória deste médico e cientista que muito orgulho proporcionou aos seus conterrâneos.

Por João Mendonça Cordeiro