Academia Vianense de Letras

A partir da figura do patriarca Leonel Alves de Carvalho, que nasceu e viveu em Viana entre 1854 a 1919, o livro faz um detalhado estudo genealógico da família Carvalho, abrangendo as cinco gerações da família até o ano de 2002.

Netos pelo lado paterno de Leonel Alves de Carvalho, José Henrique Nogueira de Carvalho e Leonel Alves de Carvalho apresentam, no primeiro capítulo da obra, algumas informações importantes sobre a cidade de Viana, como suas festas religiosas do passado, folclore, comidas típicas, filhos ilustres etc.

Da mesma forma que em “Cinco gerações de Raimundo João Nogueira”, os autores usaram o livro de Travassos Furtado (Minha vida, minha luta) como fonte bibliográfica, repetindo assim o mesmo equívoco ao assinalar o ano de 1709 como a data do inicio do povoamento da cidade. Pesquisas posteriores, fundamentadas em fontes primárias, comprovam que a chegada dos jesuítas para fundar a missão de Nossa Senhora da Conceição do Maracu ocorreu, na verdade, no ano de 1683.

Fora esse pequeno equívoco, a obra também é de grande relevância, pois registra a biografia do 6° prefeito de Viana (que era comerciante e pai do escritor Ozimo de Carvalho), além de trazer o levantamento genealógico de uma das mais tradicionais famílias vianenses.