Academia Vianense de Letras

Filho caçula do músico e maestro Raimundo do Nascimento Veloso e de Neusa Amaral Veloso, Marcone de Nazaré Veloso nasceu, em Viana, no dia 23/11/1957. Fez os antigos cursos primário e ginasial, respectivamente, no Colégio Zilda Dias Guimarães e Ginásio Bandeirante D. Hamleto de Angelis. Em 1976 mudou-se para São Luís, para cursar o 2º grau no extinto Colégio Ateneu Teixeira Mendes.

Aprovado no vestibular do curso de Medicina Veterinária (UEMA), em janeiro de 1979, formou-se quatro anos depois para logo iniciar uma longa trajetória no magistério, lecionando disciplinas como Biologia, Botânica, Genética e Zoologia nas principais escolas de São Luís.

Ao mesmo tempo em que dava aulas no Colégio Maristas, Santa Teresa, Dom Bosco, Colégio Batista e curso Anglo Vestibulares, Marcone foi aprovado em concurso público para professor das cadeiras de Parasitologia e Doenças Parasitárias na própria UEMA, onde lecionaria por quatro anos.

Em 1988, em parceria com o colega Walderney Teixeira, fundou o Colégio Paralelo, quando então teve de renunciar ao magistério na Universidade, já que o novo empreendimento lhe exigia tempo integral. Nesse ínterim, escreveu vários artigos jornalísticos voltados à educação. Foi editor do suplemento “Paravest”, publicado pelo jornal O Estado do Maranhão e colaborador do suplemento “500 anos do descobrimento do Brasil”, editado pelo O Imparcial. Em trabalho conjunto do Colégio Paralelo e Sistema Mirante de Comunicação  também editou o suplemento “Na mira do ENEM”.

No campo político, engajou-se na luta pela organização dos trabalhadores rurais do município, elegendo-se vice-prefeito de Viana na primeira gestão do prefeito Messias Costa (1996/2000). Casado com Maria de Lourdes Costa Veloso, Marcone Veloso é pai de três filhas: Thaline, Ludmila e Larissa.

Eleito para ocupar a Cadeira n° 14, em substituição a Oswaldo Pereira Gomes (falecido em 2009), o professor Marcone Veloso tomou posse na noite de 26 de novembro de 2011, em bonita cerimônia prestigiada  por autoridades municipais, estaduais e eclesiais, além dos familiares, amigos e admiradores.